Arquitectos portugueses trabalham em cidade sustentável de raiz na Índia

Arquitectos portugueses trabalham em cidade sustentável de raiz na Índia

O escritório português da multinacional de arquitectura Broadway Malyan está a trabalhar em parte do projecto da Bhartiya City, uma cidade sustentável de 50 hectares criada de raiz na Índia.

A cidade nascerá a Norte de Bangalore e será o maior desenvolvimento urbano dentro dos limites de qualquer área metropolitana na Índia, oferecendo “uma mistura de habitação, hotelaria, comércio e usos de uma área económica especial”. Desenvolvida pela empresa Bhartiya Urban, especializada em imobiliário, o projecto inclui ainda escolas, áreas de saúde e desporto.

Todo o trabalho de design para as zonas urbanas 2 e 3 tem sido executado pelo escritório da Broadway em Lisboa, que tem trabalhado em estreita colaboração com escritório de Bombaim.

Descubra a cidade.

Segundo explicou ao Construir o gabinete de arquitectura, a cidade foi projetada para ser altamente sustentável, possibilitando aos seus residentes  viver na proximidade dos seus locais de trabalho e dos chamados “terceiros espaços “. Toda a cidade é acessível a pé ou de bicicleta, com ligações a uma vasta rede de transporte viário e uma potencial ligação ferroviária futura.

Bhartiya City tem como conceito inicial “uma melhor qualidade de vida para os cidadãos indianos”, assumindo-se como uma cidade “aberta, acessível e inspiradora”.

O desenvolvimento das zonas urbanas 2 e 3 inclui o conceito arquitectónico e desenho esquemático, design de interiores de áreas comerciais, projecto de arquitectura paisagista e estratégia de espaço público.

As duas áreas são compostas por 460.000 m2, num empreendimento de uso misto, estacionamento em cave, com seis torres de escritórios, três hotéis, centro de convenções, centro comercial, cinemas, parque urbano e vastas áreas destinadas a espaços verdes. O projecto contará ainda como a Celebration Square, um espaço público que irá acomodar 5.000 pessoas.

Melhorar as infra-estruturas do País é a principal prioridade do governo indiano. No seu plano de desenvolvimento a cinco anos (2007-12), foram investidos €389 mil milhões (R$ 1 bilião), sendo que a Comissão de Planeamento da Índia estabeleceu planos detalhados para investir mais €778 mil milhões (R$ 2 biliões) até 2017.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores