Programa europeu 3e-houses reduz consumo energético das casas em 20%

Programa europeu 3e-houses reduz consumo energético das casas em 20%

Durante um ano, sessenta habitações de Sant Cugat del Vallès, Barcelona, acolheram o programa piloto europeu 3e-houses, um projecto desenvolvido pela Gas Natural Fenosa e pela Indra. Os proprietários destas casas visualizaram, em tempo real, o seu consumo energético diário e aplicaram medidas para o reduzir.

Os primeiros resultados, agora divulgados, revelaram uma redução do gasto energético de cada vivenda em 20%, uma poupança média anual de €256 (R$ 662) na factura energética e a diminuição das emissões em 52 toneladas de CO2.

O programa, no qual participou também a Promusa, promotora desta urbanização, integrou novas tecnologias nas vivendas, para obter um sistema inovador de poupança energética.

Em primeiro lugar, foi criada uma ferramenta para calcular e visualizar, em tempo real, os consumos de electricidade, aquecimento e água. Assim, os participantes no projecto piloto puderam perceber, a cada minuto, onde estavam a gastar mais recursos.

Para diminuir os consumos foram aplicadas soluções como a eliminação do stand by dos electrodomésticos e a instalação de termostatos programáveis nas habitações, para reduzir o consumo de aquecimento.

Os primeiros resultados mostraram uma poupança média de 20,2% em litros e kWh de água quente sanitária, 10% no aquecimento, 31,5% em electricidade e 16,2% em consumo de água fria.

Nas zonas comuns dos três edifícios participantes, a poupança chegou aos 22%, com a redução do tempo de iluminação automática nas garagens e nas zonas de passeio. Implementaram-se também sistemas de controlo para a ventilação das garagens, tendo-se instalado detectores de presença nos elevadores, locais onde a luz estava acesa 24 horas por dia.

O projecto realizou-se, simultaneamente, na Alemanha, e chegará a Inglaterra. A Comissão Europeia espera ter os primeiros resultados globais no início de 2013.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores