Airbus quer catapultas eléctricas na descolagem de aviões comerciais

Airbus quer catapultas eléctricas na descolagem de aviões comerciais

Se a indústria da aviação é uma das que mais contribui para as alterações climáticas, pela quantidade de CO2 que emite, a descolagem é um dos processos que mais leva a esta insustentabilidade.

Ainda que rápida, a descolagem utiliza uma grande quantidade de combustível, uma vez que os motores têm de lutar contra a inércia e atingir uma grande velocidade em pouco tempo. Uma vez atingida uma velocidade de cruzeiro, é necessário muito menos energia para continuar com o voo. Por outro lado, os aeroportos e áreas vizinhas tornam-se autênticos núcleos de poluição – atmosférica e sonora – , com aviões a descolar e aterrar todos os minutos.

Agora, engenheiros da Airbus estão a trabalhar numa solução para combater esta insustentabilidade, uma catapulta eléctrica que lance os aviões para o espaço.

A catapulta é inspirada na tecnologia dos caças e inclui motores eléctricos de indução, como os dos comboios de grande velocidade. Estes motores ajudarão os aviões comerciais a acelerar até à sua velocidade desejada de forma mais verde e silenciosa.

O lançamento do avião será feito através de uma plataforma que circularia numa faixa – onde hoje estão as pistas aéreas – deixando depois os motores do avião fazerem o seu trabalho.

Segundo o The Economist, este tipo de descolagem comercial inovador pouparia combustível e tornaria a vida um pouco melhor aos milhões de pessoas que, em todo o mundo, vivem perto dos aeroportos.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores