Moçambique reduziu dependência externa orçamental para menos de 30% em 2012

Moçambique reduziu dependência externa orçamental para menos de 30% em 2012

São excelentes notícias para Moçambique: a dependência externa do País no financiamento do Orçamento de Estado baixou para menos de 30% em 2012, depois da cobrança de impostos ter superado as expectativas nos primeiros dois meses deste ano.

Dados divulgados pelo presidente da Autoridade Tributária de Moçambique, Rosário Fernandes, referem que o desempenho dos impostos colectados internamente pelo Governo moçambicano resultou na diminuição em 10 pontos percentuais, para 30%, da dependência do país em relação aos parceiros de cooperação internacional.

O grupo de 19 países e instituições financeiras internacionais apoiam 40% de €4,6 mil milhões do actual Orçamento Geral do Estado de Moçambique.  

Em 2012, de acordo com a Lusa, a Autoridade Tributária de Moçambique arrecadou uma receita de €2,5 mil milhões, superando em €9 milhões a meta estabelecida para o ano.

No ano anterior, o organismo governamental conseguiu €2,3 mil milhões, fazendo com que a receita de 2012 tivesse aumentado em €426 milhões face ao ano de 2011.

No ano passado, a instituição responsável pela colecta de receitas públicas cumpriu em mais de 75% da lei orçamental, no que respeita à arrecadação de impostos.

A Autoridade Tributária cobrou €1,9 milhões de receitas a dois meses e meio do fecho de 2011, equivalente a 114% de toda arrecadação de impostos do ano de 2010.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores