Malawi: ambulância bicicleta ajuda a reduzir mortalidade infantil

Malawi: ambulância bicicleta ajuda a reduzir mortalidade infantil

A combinação de estratégias que visam melhorar a qualidade do atendimento a grávidas na zona rural do Malawi conduziu a uma redução drástica da mortalidade neonatal. Os especialistas dizem que este pode ser um modelo para programas semelhantes noutros países.

A comunidade foi ensinada a reconhecer situações em que as grávidas necessitam de cuidados médicos de emergência. Perante esse conhecimento, os habitantes puderam apressá-las para uma clínica ou unidade de saúde numa “ambulância bicicleta” – carrinhos a pedal que puxam uma estrutura acolchoada que permite às mulheres encostarem-se de forma confortável, antes de ocorrerem complicações potencialmente letais.

O programa de cinco anos debruçou-se no atendimento das mulheres e dos seus recém-nascidos no Malawi – país com uma das mais altas taxas de mortalidade infantil do mundo –, nas semanas imediatamente anteriores e posteriores aos nascimentos.

O estudo foi realizado em três comunidades rurais, com uma população combinada de dois milhões de pessoas, avança o All Africa. Os investigadores queriam descobrir qual das duas intervenções foi mais eficaz na redução da mortalidade neonatal e infantil: melhorar a qualidade das instalações de cuidados de saúde no parto ou envolver a comunidade no acesso aos cuidados necessários às grávidas.

A conclusão foi a de que aplicar as duas intervenções em conjunto é mais eficaz do que qualquer estratégia isolada de salvamento de recém-nascidos durante o primeiro mês de vida. Foi registada uma redução de 30% na mortalidade neonatal no momento em que o programa foi totalmente implementado, sendo assim salvos pelo menos mil bebés.

 

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores