Zimbabué: 41 elefantes morrem envenenados por caçadores

Zimbabué: 41 elefantes morrem envenenados por caçadores

As autoridades do Zimbabwe prenderam seis homens acusados de matar 41 elefantes com cianeto colocado na água de um lago. Os órgãos de comunicação social do país informaram que a polícia seguiu pistas no Parque Nacional de Hwange que a levou a descobrir os vários cadáveres dos animais.

Segundo um oficial de nome Muyambirwa Muzzah, a polícia terá descoberto o marfim escondido, no valor de quase €100 mil (R$ 276 mil), destinado ao mercado ilegal, e ainda resquícios do material nas proximidades do lago de água potável onde foi colocado o cianeto.

Segundo o Huffington Post, os seis homens foram presos na altura em que regressavam ao local para recolher o marfim. São suspeitos de operar a partir da cidade de Bulawayo.

O oficial da polícia disse que, para além desta tragédia, ainda centenas de animais selvagens que se alimentavam das carcaças dos elefantes podem também morrer por envenenamento.

O jornal Bulawayo Chronicle informou que caçadores furtivos detidos no país em Maio por envenenarem animais selvagens de forma semelhante foram condenados a uma pena de prisão de dois anos.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

1 comment

  1. Albino

    As leis devem ser muito mais duras para esse tipo de crime, afim de desencorajar a pratica desses atos macabros.

Patrocinadores