Londres: mil ciclistas fingem-se de mortos em protesto contra a falta de segurança rodoviária

Londres: mil ciclistas fingem-se de mortos em protesto contra a falta de segurança rodoviária

Na noite da última sexta-feira, cerca de mil ciclistas britânicos fingiram-se de mortos em frente ao edifício da Transport for London, a empresa responsável pelos transportes públicos da cidade. A encenação foi a forma de protesto encontrada pelos utilizadores das duas rodas contra a falta de segurança rodoviária.

A vigília nocturna ocorreu depois da morte de seis ciclistas no espaço de duas semanas e foi convocada através das redes sociais, refere o The Guardian. Os organizadores do protesto pedem que cada bairro londrino ceda 10% do orçamento para os transportes, para que esta parcela possa ser investida no melhoramento das ciclovias existentes.

“Queremos um orçamento real, actualmente só estamos a receber migalhas”, afirma Donnachadh McCarty, membro da organização do protesto, citada pela BBC. “Queremos uma rede de ciclovias integradas em Londres dentro de cinco anos e queremos uma resposta das entidades competentes”, reivindica.

A forma de protesto utilizada pelos ciclistas de Londres foi popularizada pelos ciclistas holandeses na década de 1970, quando conseguiram que as ciclovias fossem melhoradas.

O presidente do Conselho de Southwark, zona onde fica localizado o edifício da Transport for London, afirmou que “se fosse para seguir o modelo holandês, significaria que seria necessário redefinir e voltar a planear os fluxos de tráfego na capital, de uma maneira nunca antes vista”.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores