Metro poderá chegar a Maputo até 2019

Metro poderá chegar a Maputo até 2019

Após a tomada de posse do cargo para o qual foi reeleito pela Frente de Libertação de Moçambique (FRELIMO) nas eleições municipais do passado dia 20 de Novembro de 2013, o presidente da Câmara Municipal de Maputo, David Simango, confirmou recentemente a construção de um sistema de metro de superfície na capital moçambicana.

Desde o ano de 2011 que se está a desenvolver a implementação de projectos do género em Moçambique, nomeadamente um sistema de metro de superfície que ligue a capital à cidade de Matola, refere o Jornal Construir.

Simango promete cumprir, dentro do novo mandato que termina no ano de 2019, o projecto de metro em Maputo. Em declarações realizadas na cerimónia de posse na Praça da Independência da capital do país, Simango reafirmou que irá resolver o problema dos transportes urbanos, informa a Folha de Maputo.

A confirmar-se a construção do projecto de metro em Maputo, a cidade moçambicana fará parte de um pequeno números de cidades africanas a contarem com um sistema de metro.

Apenas duas cidades em todo o continente africano possuem um sistema de transporte subterrâneo: Cairo (capital do Egipto, na foto) e Argel (capital da Argélia), tendo estas iniciado operações em 1987 e 2011 respectivamente.

Devido aos custos monetários que implicam a construção deste tipo de sistemas de transporte urbano, a maioria das cidades africanas ainda não conseguem suportar os custos financeiros de tal empreendimento.

Pode consultar aqui os sistemas ferroviários urbano existentes em África.

Foto:  kawanet / Creative Commons

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores