Zimbabué: cheias recebidas com tristeza e alegria

Zimbabué: cheias recebidas com tristeza e alegria

A Unidade de Protecção Civil do Zimbabué emitiu novos alertas de cheias, após a recente morte de quatro pessoas que viajavam num autocarro. O veículo foi varrido por uma forte corrente de água e caiu ao rio, informa a SW Radio Africa.

Relatórios das autoridades afirmam que dois corpos – um homem e uma mulher – foram descobertos perto da zona do acidente um dia depois. O autocarro viajava entre as cidades de Beitbridge e Kwekwe quando o acidente ocorreu.

O país tem sido fustigado desde Janeiro, com chuvas a causarem inundações ao longo dos rios. Muitas partes do país, do norte a sul, enfrentam agora as piores cheias em muitos anos, com a água a inundar fazendas, casas e estradas.

As chuvas fortes das últimas quatro semanas deixaram grande parte das províncias do país sob níveis de água acima da média, criando uma situação crítica em muitas áreas ao longo dos rios.

No entanto, ironicamente, as cheias acabaram por fornecer água a um país com pouco abastecimento, sem acesso ao mar, a sofrer de calor extremo e que tinha a maioria das suas barragens quase secas. Segundo a SW Radio Africa, as cheias trouxeram “alegria” a várias populações do país – mas a que preço?

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores